O vício e o luxo

A vício e o luxo só advem da doença individual. Somente o indivíduo verdadeiramente doente se entrega aos vícios destrutivos e aos excessos nocivos do consumismo desenfreado do mundo do luxo.


Estes hábitos partem de uma mente doentia e decadente. A necessidade de obter mais e mais estímulos contrários à sua real natureza para poder sobreviver e vencer a si mesmo a cada dia pois não consegue conviver cosigo mesmo.

Muitas das idéias e conceitos que forma o ‘mundo interno’ se materializam em ilusões, criações que fogem da realidade, normalmente criada na mente.

Este conceito está muito explícito ultimamente pois muitas vezes, para não dizer sempre, eu encaro as coisas de uma certa forma e acredito que esta seja a única verdade, uma verdade absoluta ilusória o que se materializa na minha condicional realidade, falsa.

O mundo se transforma de acordo com a minha percepção e a realidade se torna mutável a cada segundo.

(João Ricardo baseado em nietzsche)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s