GIBBERISH

Manuela São Simão e Pedro Lopes (PT)

Performance duracional por Manuela São Simão e Pedro Lopes, com a colaboração da equipa da Rádio Zero.

A performance duracional Gibberish foi desenvolvida especificamente para o Jardim dos Sons, inserido no Festival Silêncio no Instituto Goethe em Lisboa.

Relacionam-se espaços físicos e mentais: o Jardim e Auditório do Instituto, locais distintos e disjuntos, que aqui se interligam através de um percurso proposto entre a improvisação in loco do músico no Jardim, e a (re)acção ao mesmo som numa escrita caligráfica e plástica realizada pela artista visual, no espaço isolado do auditório.

O som improvisado é audível através de rádios distribuídos ao público à entrada do Instituto, produzindo, no jardim, uma camuflagem sonora cuja descontextualização do seu laboratório-jardim, assume o carácter acusmático de um som criado para ser transmitido em rádios low-fi, característica enfatizada na possibilidade de escuta no espaço indoors do auditório, sob uma certa penumbra.

Isolada do espaço orgânico e da luz do jardim, Manuela São Simão, improvisa uma escrita silenciosa durante duas horas. Um motor montado num pequeno dispositivo-mesa-de-trabalho é programado para uma determinada cadência temporal. A artista intervém e (re)age a partir do som que vai recebendo directamente do músico.

Compondo em tempo real a partir dos sons orgânicos do jardim, das gravações de campo feitas em diversas zonas urbanas da cidade de Lisboa e principalmente das gravações realizadas durante aulas da língua Alemã leccionadas no instituto, o músico Pedro Lopes processa tudo isto compondo um som contínuo, por vezes mais musical, com momentos em que a língua alemã e suas sonoridades específicas são processadas ao ponto de uma certa e mesmo total abstracção, mantendo as suas características estéticas que nos faz por vezes reconhecer a língua como tal, mesmo sem, de forma óbvia perceber o que está a ser verbalmente comunicado.

Para ver e/ou ouvir, o desenrolar de um inventário de sons orgânicos e humanos, que pode ser escutado nos vários espaços exteriores e auditório, através de rádios e com a preciosa colaboração da equipa da Rádio Zero na criação e transmissão de uma onda micro FM local.

Este projecto conta com o apoio do Instituto Goethe em Lisboa e da Rádio Zero.

Quarta-feira, 16 de Jun, 18h30 e 22 de Jun, 18h
@ Goethe-Institut Portugal (Entrada Livre)

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s