A fotografia de Asger Carlsen

As fotos de Asger Carlsen são nada mais nada menos do que estranhas no sentido surrealista da palavra. Mesmo sendo em preto e branco, ele consegue criar peças que desafiam a psique humana e transformam em objetos o que antes poderia ser humanos, brincando de lego com pedaços do corpo humano. No seu site você encontra várias facetas de seu trabalho como fotógrafo. Algumas podem ser consideradas esculturas ou montagens bizarras que mostram o grotesco de uma forma quase poética, devido a textura em preto e branco de suas fotos. Desfragmentar o monstruoso numa linguagem poética é algo muito difícil de se fazer mas Asger Carlsen consegue fazer com maestria sem dar a seu trabalho um clima de horrendo de terror classico dos filmes ‘B’, pelo contrário, suas obras são extremamente bem alinhadas com a poesia visual e nada tem de horrendo ou mosntruoso e sim de uma criança brincando com de materiais diversos. É só com o profundo olhar do espectador que se percebe algo de ‘estranho’ em suas peças mas o que há de bizarro e horrendo há também de poético e de plasticidade visual. O artista consegue encontrar o meio termo, criando um estilo supernatural de mostrar sua realidadede uma maneira surreal. Muitas vezes, olhando para as fotos com um olhar despretensioso, alguém pode dizer que aquilo retratado realmente existe ou existiu, de tão realista e ao mesmo tmepo surreal. Seu estilo consegue transcender as barreiras da percepção humana borrando a linha entre o que pode ser, o que simplemsmente é e o que definitivamente não é.

ac 4

ac 5

ac 1

ac 2

ac 3

Deixe uma resposta

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s