CRIATIVIDADE COMO ESTILO DE VIDA

Devemos usar da nossa tão importante criatividade como um estilo de vida e não só em nosso trabalho ou em ações que realmente precisamos. Devemos estar constantemente desenvolvendo nossa criatividade.

kids-laughing-soap

Em qualquer ato, em qualquer pensamento, lá está ela, nossa melhor amiga, pau para toda obra, inseparável e insuperável, nos bons momentos e principalmente nos ruins. Se ainda estamos certos de que ela não nos serve na rotina que necessita da razão mais do que outra coisa, devemos começar a adotar a criatividade como um estilo de vida ao invés de uma simples maneira de solucionar nossos problemas. Usufruindo de nossa criatividade, exercitando-a a todo momento, nossos problemas vão diminuir e as soluções irão aumentar.

Qualquer pessoa tem a capacidade de desenvolver uma mente criativa. A criatividade está intimamente relacionada a padrões de pensamentos, linhas de raciocínio, imaginação e intuição, originalidade, sendo assim possível o treinamento, a adequação do indivíduo aos níveis de criatividade pessoal.

apotheosis

Criatividade pode ser estimulada através do aprimoramento da flexibilidade e da busca por soluções alternativas para problemas recorrentes. Muitos são os obstáculos para podar a criatividade no ser humano mas nenhuma delas é exterior. O próprio ser humano consegue danificar o mecanismo interno que nos motiva a buscar algo novo, que nos permita sair de nossa tão perigosa zona de conforto e ir além de tudo aquilo que estamos acostumados.

Estimular a criatividade é também estimular a flexibilidade, a visão de futuro, a autonomia, os trabalhos em equipe, a liderança, etc. Num mundo de mudanças, marcado por turbulências e incertezas; tudo isso se torna fundamental.

kids-playing-beach

A criatividade humana não é temporal mas sim um patrimônio do ser humano. Devemos cria ou inovar algo a ser aproveitado pela sociedade. Não há hora marcada para criar, pois tal prática deve ser estimulada, exercitada pelo indivíduo a todo instante.

Devemos estar constantemente criando estratégias de ação, soluções diferentes para os diversos problemas das diversas áreas de nossa vida.

Anúncios

ROTINA DO SER CRIATIVO

A criatividade só é mantida através de doses diárias de atividades. Hábitos, a rotina do ser criativo são tão importantes quanto hábitos simples como escovar os dentes (para aqueles que se lembram), pentear o cabelo (para aqueles que ainda o tem) entre outros mais. Vou listar alguns hábitos que podem melhorar sua habilidade de lidar com a rotina diária, resolver problemas chatos que atrapalham seu desenvolvimento profissional e pessoal e hábitos que podem fazer de você uma pessoa mais criativa, um dia após o outro (para você que vive em favor de um relógio), sem muito esforço, apenas dedicação e uma pitada de disciplina.

  • Tente pensar em 10 ideias por dia que possam mudar algo importante para você. Assuntos como, melhorar o transporte, a segurança do seu bairro, melhorar as condições de vida para aqueles que escolheram morar na rua, como resolver problemas pequenos de maneiras diferentes, qualquer assunto é importante. Faça uma lista, mantenha um diário atualizado sobre suas ideias e perceba sua evolução.
  • Leia o jornal. Pode ser um dia da semana mas leia-o. Fique por dentro do que está acontecendo a sua volta, na sociedade, no cotidiano, no mundo. O importante é opinar sobre os assuntos, exercitar sua maneira de criticar o que lê. Formar opinião é uma proteção contra uma possível tentativa de lavagem cerebral. Se não gostar de ler o jornal, faça algo terapêutico com ele, recicle, dê para alguém….
  • Se você estiver se sentindo “inerte” mentalmente, leia. Pode ser qualquer coisa. Critique, opine sobre o assunto. Fale com seu vizinho, exponha para sua/seu companheiro. Exercite sua habilidade crítica constantemente. ai da zona de conforto.
  • Leia um capítulo de um livro de ficção e de não ficção. Coloque a meta de ler um livro por mês pelo menos. Eu sei que é difícil. Seja sensato. Tenha em mente o poder que a leitura trás. Você estará exercitando sua disciplina, seu comprometimento com você mesmo. É a sua palavra que está em jogo. Seja verdadeiro e encontre uma maneira de ser realista e honesto com aquilo que você decide.
  • Assista a vídeos institucionais ou filmes edificantes. Não se contente com programas fúteis. Use sua crítica para com estes e lembre-se de que existe vida depois da novela das oito.
  • Inscreva-se em Feeds de notícias de seu interesse. Este blog tem um. É um bom começo! Minha rotina começa com a leitura destes Feeds. Adicione grupos, pessoas, comunidades interessantes em suas redes sociais e você abri-rá a porta para um novo mundo de possibilidades. A internet é tão vasta que alguns a chamam de “o universo online”. Busque o que pode acrescentar algo de novo para sua vida.
  • Compile fontes de conhecimento. Sites que disponibilizam informações úteis para todas as áreas de sua vida devem ser constantemente visitados. Não perca o foco daquilo que pode melhorar sua rotina.
  • Visite um lugar novo. Quando puder, vá a algum lugar que nunca esteve antes. Pode ser a o tanque de lavar roupas de sua casa! O outro lado do quarteirão de sua casa. Entre em contato com o novo. A natureza pode oferecer muita paz e inspiração para sua mente.
  • Compartilhe o que aprendeu. A parte importante de exercitar sua habilidade crítica, formar opinião deve ser compartilhada, sempre. Mostre-se como tu és. Ninguém vai poder explorá-lo psicologicamente outra vez. Aquele vendedor que sempre quer vender algo totalmente desnecessário depois que você já comprou alguma coisa não vai mais te importunar. Seja assertivo.

Existem outras maneiras de fazer com que sua rotina seja interessante, basta você querer mudar e sempre manter o foco no grande prêmio: A SUA VIDA!

REMIXAR O REMIXADO

A arte de remixar o remixado, geralmente usada nas mais diversas áreas das artes contemporâneas, pode ser vista explicitamente sem nenhum pudor moral ou estético, sem censura, beirando a pornografia escrachada. Remixando, para alguém envolvido em algum tipo de fazer artístico criar algo puramente novo, sem precedentes recentes ou históricos, é um ato divino, senão extraterreno.

remix 1

O remix seria, em poucas palavras, um conceito antigo que consiste na junção, na justaposição de elementos de naturezas diversas para um fim comum. Remixar o remixado, vem sendo feito há milênios, partindo do principio que todo ato humano seja levado em conta, como por exemplo usar um palito de fósforo, uma bala, um relógio, um cigarro e um pouco de pólvora para construir uma bomba caseira. Fãs do seriado ‘Magaiver’ da TV americana da década de 80 (eu estou incluso nesta lista), sabem muito bem do que estou falando. 

remix5

Esta característica é muito bem explicada na frase ‘jeitinho brasileiro’. Um pedaço de papel aqui, uma cola ali, um grampo aqui outro pedaço de madeira ali e pronto. Usando a ideia do remix  misturado com muita criatividade, pessoas sem recursos (eu incluso aqui outra vez) conseguem chegar ao seu objetivo, seja ele uma música ou um carrinho de brinquedo.

É claro que muitas peças ou as chamadas de ‘artes contemporâneas’ inovativas e visceralmente novas possam ter aparecido por algum canto deste planeta. É fato. Mas sempre tem aquela pessoa que vai colocar barreiras para que este ou aquele trabalho não saia do porão onde foi concebido ou simplesmente vai ‘emprestar’ a ideia e comercializá-la através de outro artista, remixá-la e transformá-la em algo que não é seu por natureza. Exemplos não faltam. Não só no campo artístico como em qualquer outra área que envolva status, prestígio, egos, e múltiplos zeros na conta bancaria das pessoas envolvidas no processo.

remix3

A célebre frase ‘Nada se cria tudo se copia’ ou ‘Grandes artistas emprestam, artistas brilhantes roubam’ faz com que qualquer tipo de criação se torne uma mera reprodução mascarada de uma forma ou de outra. Sim, dificilmente algo embrionariamente novo será criado nos dias de hoje. A grande questão é: E daí?! Uma produção artística, ou seja ela qual for, não precisa ser ‘nova’ para ter qualidade. A funcionalidade do que está sendo produzido neste exato momento, seja na tecnologia, seja na arte, seja na indústria têxtil, não passa de adequações para a inclusão das mesmas na sociedade contemporânea, para o deleite das massas.

Na área tecnológica vemos avanços constantes que praticamente não mudam em nada a funcionalidade dos produtos. Só trocam de roupa como uma pessoa que se veste diferentemente dependendo da ocasião. Não há nada de errado com isso. Talvez a visão geral seja simplesmente continuar produzindo algo ‘novo’ para as pessoas poderem falar a respeito e principalmente, comprarem.

remix2

Então o remix pode ser considerado como um trabalho sistemático revisto e refeito infinitas vezes. Seria o começo do processo que já estava em andamento, que vem de outra área, de outro universo. O começo de algum processo é invisível, imperceptível, não há como ser rastreado, nem com GPS muito menos com o Google Earth, devido seus infinitos começos e recomeços, suas fontes primárias diversas, estas já alteradas e remixadas de alguma maneira. O remix faz universos distantes colidirem, pessoas dos mais diversos cantos do planeta, etnias, credos, raças, classes se encontrem sem mesmo saberem da existência um do outro, puramente através de sua prática, de seu trabalho, de sua criação remixada.

remix4

O contexto do remix pode ser notado em praticamente em todas as áreas. Está ao seu redor neste exato momento. Só basta olhar, perceber e querer aceitar. Esta ideia vai continuar por anos, décadas, séculos e milênios. Tirar um objeto de seu habitat natural e trazê-lo para outra realidade é uma pratica artística recorrente, cíclica e infinita. O que pode e deve ser mudado é a percepção do sujeito em relação ao objeto. O sentimento humano, a educação sensorial, a voracidade por novidades vinda do sujeito, vai definir o que vale a pena ser admirado e o que deve ser descartado. O que for descartado será, mais cedo do que mais tarde, reciclado, remixado por outra pessoa, num ciclo sem começo, sem fim. O produto final não é de maneira alguma o fim em si mesmo mas o começo de uma experiência sensorial que durará enquanto o sujeito estiver focado no objeto, no remixado.

Remixado do texto: What comes after remix de Lev manovitch (2007)