DIGITAL DETRITUS

wokeninwindows-1024x822Novo post escreito por mim 🙂 é destaque no blog da Obvious. Confira, comente, compartilhe, assim você estará ajudando pessoas como eu continuar a fazer este tipo de colaboração explorativa, compartilhando informação, FREE.

Obrigado pela oportunidade.

 

A volta da ROJO

Depois de 2 longos anos a revista ROJO vai voltar a ser publicada em forma impressa num novo formato. Vai ser vendida pelo mundo todo exclusivamente sob demanda. Chamada ROJO®book, será uma mistura de seleções de peças enviadas por artistas, e explorações dos seus idealizadores e as melhores peças de seus artistas, tudo remixado, misturado e atualizado, servido somente sob demanda.

Imagem

Seus trabalhos são altamente variados e na verdade eles prezam pela diversidade das submissões o que é extremamente benéfico para os leitores pois a cada página algo totalmente aleatório e inesperado pode surgir de qualquer parte do mundo. Suas páginas contêm trabalhos em 3d ou colagens simples mas sempre com algo de diferente e criativo o que são a marca registrada da ROJO que traz algo sempre inovador para seus leitores se deleitarem visualmente.

Imagem

 

Para quem não conhece a ROJO magazine é uma publicação que já existe a mais de 10 anos e foi impressa mais de 40 issues de artes visuais de primeira linha com artistas de ponta mostrando seu trabalho na mídia impressa. Uma das melhores fontes de inspiração que existe no momento. Alegra-nos todos artistas e aficionados por arte que ROJO voltará a ser impressa. O Interessante da ROJO é a maneira pela qual foi concebida, através da arte de outros artistas que enviam seus trabalhos para a revista e depois de uma seleção são mostrados em forma de mídia impressa para o mundo todo o que inspira pessoas de todo mundo a enviarem trabalhos para a ROJO pelo simples fato de terem a oportunidade de serem publicados. Esta iniciativa começou com a ROJO ou esta revista foi uma das primeiras a incentivarem este tipo de trabalho colaborativo que me alegra bastante pois sou um adepto do trabalho colaborativo em qualquer mídia. Vida longa a ROJO e vou ter que aumentar a dose de meu ansiolídico para compensar a espera da primeira edição depois de tanto tempo!  

Imagem

A fotografia de Asger Carlsen

As fotos de Asger Carlsen são nada mais nada menos do que estranhas no sentido surrealista da palavra. Mesmo sendo em preto e branco, ele consegue criar peças que desafiam a psique humana e transformam em objetos o que antes poderia ser humanos, brincando de lego com pedaços do corpo humano. No seu site você encontra várias facetas de seu trabalho como fotógrafo. Algumas podem ser consideradas esculturas ou montagens bizarras que mostram o grotesco de uma forma quase poética, devido a textura em preto e branco de suas fotos. Desfragmentar o monstruoso numa linguagem poética é algo muito difícil de se fazer mas Asger Carlsen consegue fazer com maestria sem dar a seu trabalho um clima de horrendo de terror classico dos filmes ‘B’, pelo contrário, suas obras são extremamente bem alinhadas com a poesia visual e nada tem de horrendo ou mosntruoso e sim de uma criança brincando com de materiais diversos. É só com o profundo olhar do espectador que se percebe algo de ‘estranho’ em suas peças mas o que há de bizarro e horrendo há também de poético e de plasticidade visual. O artista consegue encontrar o meio termo, criando um estilo supernatural de mostrar sua realidadede uma maneira surreal. Muitas vezes, olhando para as fotos com um olhar despretensioso, alguém pode dizer que aquilo retratado realmente existe ou existiu, de tão realista e ao mesmo tmepo surreal. Seu estilo consegue transcender as barreiras da percepção humana borrando a linha entre o que pode ser, o que simplemsmente é e o que definitivamente não é.

ac 4

ac 5

ac 1

ac 2

ac 3