TALE TWIST mix for radio zero-08/02

Transição aleatória – CHANGE – 08/02/2013

Radio zero de Portugual

change

:: TRACKLIST ::

Pantha du Prince – Quantum

Andrey Kiritchenko – Your Thoughts In Scary Forest

9 planets – Space Fabric – Compton

E.A.R.L – fuzzed

Jeff Keen –  artwar noise loop

Dalek – lynch

Dalek – subversive_script

Dj Shadow –  Building Steam With a Grain of Salt

Excision & Downlink – Crowd Control (Delta Heavy Remix)

Datsik & Infected Mushroom –  Evilution (feat. Jonathan Davis)

Ceephax acid crew – trabzonspor

Vanuza – Mudanças

Rotator – shock fight fist

GoreTech – heretic (rotator 666% fxxk remix)

Angerfist – Riotstarter (State Of Emergency Rmx)

Dream theater – Change of seasons

Mixed by TALE TWIST

 

DESEJOS COLORIDOS

Quando criança, sempre pensava no que gostaria de ser quando crescesse. Mas quando cresci só penso em me tranformar naquilo que sou.

Desejos infantis são sempre sempre cheios de cores e vertentes. Alguns são visionários, irrealistas e simplesmente infantis no sentido depreciativo da palavra, mas alguns não. “O que você vai ser quando crescer?” foi uma pergunta bastante utilizada na minha infância por professores e coleguinhas de classe, amigas coloridas e pais ausentes mesmo que presentes….

O ápice da resposta a esta pergunta seria quando a criança “crescesse”, mas daí surge várias outras perguntas que possívelmente podem atrapalhar a resposta que antes simples e com muita convicção, agora parece extremamente complicada senão impossível de se tornar clara, ou até mesmo real.

A resposta se perdeu ao decorrer do tempo e a medida que a luta pela sobrevivência se tornou maior do que a vontade de se tornar algo. Talvez eu nem me lembre do que eu queria ser quando era novo, mas agora só quero ser o que eu já sou, quero continuar me transformando naquilo que eu já sou. Coisa que não é tão complicada assim pois eu já sou e me transformar naquilo que eu sou é muito mais fácil do que ser ou saber quem eu sou. Isso já aconteceu a muito tempo mas eu tenho um hábito horrível de esquecer de tudo e me perder em 5 minutos de insanidade instintiva.

Eu sempre pensei em voar, ser piloto então é uma profissão que eu sempre quis ser, mas eu não posso pois minha visão não boa o bastante para ser um piloto. Mas me parece ser boa para ver o real e não o imaginário. Para aqueles que entenderam…